Tag Archives: casal

Aniversário de casamento

15 jan

A convivência entre um casal não é fácil. Parece muito com uma montanha russa, com seus altos e baixos todo o tempo. Mas, nem por isso podemos dizer que a relação é ruim.

Se respeitarmos as diferenças e valorizarmos tudo aquilo que o outro tem de bom, conseguiremos cultivar uma história de longas datas e por muitos e muitos anos.

Meu casamento já atingiu a maioridade. São dezoito anos de uma convivência sadia e com muito amor. Ele também atinge a marca das bodas de prata (25anos) juntos e, com isso, já se vai um quarto de século de união.

E que venham os próximos vinte e cinco!!!!!

Bjs

Nanda

Anúncios

Os casais mais fortes são primeiramente melhores amigos

20 dez

Vi esse texto na internet e decidi compartilhar.

“Os casais mais fortes são aqueles que vão a encontros divertidos, e não só românticos. Eles visitam parques de diversão juntos e ficam de mãos dadas na montanha russa. Eles vão a salões de jogos e competem pela pontuação mais alta. Eles assistem a comédias juntos e fazem piadas o tempo inteiro. Eles se divertem todas as vezes que estão no mesmo ambiente.

Os casais mais fortes são aqueles que não só amam um ao outro, mas de fato gostam um do outro. Eles gostam de passar tempo juntos. Eles preferem assistir a um filme, ir ao mercado e tirar um cochilo juntos do que fazer tudo isso sozinhos. Tudo é mais legal quando eles estão ao lado um do outro.

Os casais mais fortes sabem o que dizer para fazer o outro rir. Eles sabem exatamente como agir quando o companheiro está de mau humor. Eles sabem qual música ou vídeo que muda o astral do outro rapidamente.

Os casais fortes conseguem ter tempo de qualidade sem intimidade. Sem precisar tirar a roupa. Sem ser físico. Os casais mais fortes são os que amam um ao outro por inteiro, não só o corpo. Eles gostam da inteligência, da dedicação e do senso de humor.

Os casais mais fortes são os que contam tudo um para o outro. Eles conversam sobre o trabalho. Sobre a família. Sobre os amigos. Eles contam as boas e más notícias. Não escondem nada, não guardam segredo. São completamente abertos.

Os casais mais fortes riem juntos. Têm milhares de piadas internas. Apelidos esquisitos um para o outro, que não têm vergonha nenhuma de falar em público. Eles sabem exatamente o que dizer para o outro para provocar, jamais passando dos limites.

Os casais fortes tentam coisas novas juntos. Tiram férias juntos, participam de cursos juntos. Eles experimentam comidas novas e lugares novos. Se um quer ir a um show ou a um certo restaurante, o outro acompanha sem pensar duas vezes. No companheirismo.

Os casais mais fortes são os que não conseguem ficar um dia sem conversar um com o outro. Eles mandam piadinhas e se marcam em postagens nas redes sociais só para irritar. Eles não têm medo de mandar várias e várias mensagens. Ficam totalmente confortáveis um com o outro.

Os casais mais fortes são os que consideram um ao outro como família, mesmo que não tenham nada oficialmente assinado. Eles passam feriados juntos, viajam de carro juntos, vão aos eventos juntos.

Os casais mais fortes são os que agem como um time. Eles têm vidas separadas, e sabem que não podem ficar juntos o tempo inteiro, mas estão sempre um pelo outro, se apoiando. Eles se encorajam.

Os casais mais fortes são os que são melhores amigos. Eles amam ficar juntos, matando tempo, mesmo que seja sem fazer nada no sofá da sala em uma noite qualquer. Eles amam a companhia um do outro. Eles amam ficar no mesmo cômodo. Eles amam compartilhar suas vidas.”

Texto originalmente publicado no Thought Catalog, livremente traduzido e adaptado pelo site Mulheres Maduras.

Bjs

Nanda

E o romance?

13 nov

Muitos amores acabam, muitos casamentos se esgotam pelo simples fato da falta de cuidado diário de um com o outro. Explicando melhor o tipo de cuidado, faltam aqueles pequenos gestos de romance que costumávamos ter durante o namoro.

E quando a rotina é tão massante que esquecemos de dar aquele beijo gostoso de bom dia? E quando estamos tão cansados que deitamos na cama, viramos de lado e nos esquecemos do beijo de boa noite? E quando as atividades do dia tomam a nossa atenção e deixamos de enviar aquela mensagem dizendo que estamos com saudades?

E mais ainda…. E quando as datas comemorativas não fazem mais sentido? Os aniversários de namoro e casamento passam a ser dias comuns como outro qualquer. E o dia dos namorados passa a ser comemorado na frente da TV? E nenhum cartão é mais escrito? E aquele presente que era deixado no pé da cama na noite de Natal, nunca mais apareceu por lá?

E é justamente com o fim do romance que tudo perde a graça e a importância. A música de Chico Buarque , “A história de Lily Braun” retrata bem a triste realidade de muitos casais. Nada de cinema, nada de drinks, nada de rosas, nenhuma espelunca mais. E assim, nada de felicidade também.

Bjs

Nanda

Intimidade

1 nov

Intimidade é algo que se constrói com o tempo, seja entre amigos ou entre um casal. Não basta duas pessoas se conhecerem, se gostarem para se tornarem íntimos.

A proximidade, a confiança e o dia a dia fazem as pessoas se olharem e aceitarem os seus hábitos cotidianos. Algumas atividades corriqueiras, que preferimos fazer sozinhos deixam de ser um tabu e se tornam comuns ao outro.

Escovar os dentes ou tomar banho na frente do seu marido/esposa passa a ser um gesto tão comum quanto comer ou ler um livro. A fechadura da porta do banheiro deixa de ser utilizada e o ambiente se transforma em um lugar ideal para o bate papo.

Ha aqueles que discordam de mim e preferem manter a discrição da sua rotina mas, sou muito espaçosa e gosto de me sentir bem à vontade.

Bjs

Nanda

O amor

16 out

O amor é o mais nobre dos sentimentos. Ele chega bem de mansinho e toma conta da gente de uma forma que não podemos controlar. Invade os pensamentos, invade o coração e balança toda a linha de raciocínio que possa existir.

Alguns acreditam que o amor só acontece uma vez na vida da gente, outros amam por várias vezes e pessoas diferentes. Não importa.. Nada importa…

O que de fato é importante é a permissão que nos damos para amar e sermos amados. Se nos permitimos um mergulho no sentimento de modo a deixar que ele nos conduza, pelo menos por uma única vez. O que muito importa é sentir toda a intensidade desse amor.

Também podemos amar de formas diferentes: um amor por um filho é completamente diferente de um amor entre um casal. Não há como classificar como o mais forte ou mais importante, são apenas diferentes. O amor entre pais e filhos é gratuito e incondicional enquanto o amor entre um casal deve ser cuidado todos os dias para que ele permaneça sempre saudável.

O amor nos transforma, nos amadurece e nos faz pessoas melhores. Amar e ser amada são presentes que a vida nos oferece e devemos saber usufruir de todo esse sentimento.

Bjs

Nanda

Aniversário de namoro

4 out

A maioria dos casais tem o costume de comemorar mensalmente o tempo que estão juntos. Esse gesto é a mais pura demonstração de carinho e do amor existente entre as duas pessoas.

Uns comemoram com bilhetinhos e cartões, outros gostam de dar presentes junto aos beijos e abraços, alguns saem para jantar e criam climas românticos com luz de velas. Há os que presenteiam com flores ou chocolates, os músicos preferem escrever canções para as amadas, os poetas eternizam o amor nos versos dos seus poema e, também, os que preferem não comemorar.

Não podemos esquecer que os esquecidos também amam apesar de não lembrarem do dia do início do amor. E, também, aqueles que contam os dias e minutos para comemorar já com um beijo carinhoso pela manhã.

Cada um do seu jeito, com suas histórias e preferências, comemorando juntos e valorizando o futuro da relação.

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: