Tag Archives: crianças

Crueldade infantil

3 ago

Costumamos dizer que crianças são seres inocentes e puros. Costumamos achar que eles não são capazes de fazer maldades ou magoar alguém.

Mas, as coisas não funcionam bem assim. A essas crianças falta o bom senso e um filtro do que se deve ou não falar. Costumam ser super sinceros e não se incomodam se vão magoar alguém com a sua sinceridade.

Já vi muita criança dizer que a outra é feia ou chata sem se importar se a outra criança vai chorar ou se sentir humilhada. Já vi muito menino chamando o outro de gordo sem se preocupar se está destruindo o equilíbrio emocional daquela pessoal. Já vi meninas massacrarem outras meninas por simples inveja e machucarem a outra menina.

O bullying começa assim e nunca acaba muito bem. 

Ou seja, por mais que a maldade não seja intencional, falta o filtro da boa convivência em sociedade. E, infelizmente, eles só adquirem esse filtro com a vivência e a maturidade. 

Bjs

Nanda

Redoma de vidro

6 abr

A cada dia que passa nos fechamos mais em nosso ninho. Passamos a ter medo da vida real por causa de tanta maldade e do aumento da violência.

Estamos deixando de viver livremente e, consequentemente, transferimos o medo aos nossos filhos. Hoje, eles estão sendo criados dentro de uma redoma de vidro, sem contato com as adversidades do mundo.

Passamos a evitar o contato dos nossos filhos com as dificuldades da vida, com as quedas e arranhões, com as brigas e discussões, com as dificuldades normais para a sobrevivência humana. 

Passamos a criar crianças extremamente inseguras e dependentes de nós. Totalmente despreparadas para seguirem adiante em suas vidas adultas e maduras.

Hoje as mães procuram manter seus filhos embaixo das suas asas o maior tempo possível. Existe até crianças de quarenta anos de idade que ainda moram sob o mesmo teto que os pais e não sabem se virar sozinhos. 

Fico me perguntando sobre o que podemos fazer para quebrar essa redoma e passarmos a viver livremente novamente…

Bjs

Nanda

Cuidado com crianças

20 mar

Toda criança, normalmente, é muito curiosa. Gosta de descobrir novidades, conhecer o mundo e enfrentar desafios. O problema desse desbravamento está no desconhecimento dos riscos.

Gostam de seguir em frente, se jogar nas novidades e aprender coisas novas. Porém, temos que estar atentos para que essas descobertas sejam feitas de forma segura, evitando todo o mal possível.

Eles são muito espertos e rápidos. Se não estamos com as antenas ligadas e focados nos seus movimentos podemos chorar depois, com remorso pela nossa irresponsabilidade.

Crianças correm, se perdem, se vão no meio da multidão. Se jogam no mar e piscina, hipnotizados pela cor das águas e desconhecem os mistérios das profundezas.

Pais que querem ter filhos ou mesmo, pais que não queriam ter filhos mas os têm devem cuidar com esmero e atenção pelos seus pequenos. Altura, mar, piscina, cozinha e lugares amplos são sempre perigosos e requerem uma atenção redobrada.

Afinal de contas, ter um filho não é só a parte boa de fazê-lo, mas sim, a parte difícil de cuidá-lo e educá-lo.

Bjs

Nanda

Crianças medrosas

17 nov

Sei que personalidade pode ser dos mais diferentes tipos. As pessoas podem ser extrovertidas ou tímidas, expansivas ou retraídas, corajosas ou medrosas e assim por diante. Com as crianças é a mesma coisas, não existe uma criança igual a outra.

Porem, tenho observado que o número de crianças medrosas tem aumentado muito por aí. Vejo algumas que têm medo até da sombra e preferem ficar nos cantos a enfrentar os problemas. O que será desses pequenos no futuro?

Alguns não querem ficar sozinhos, outros têm medo do escuro, mais uns não largam os pais, medo de não serem aceitos, medo dos desafios, medo de barulho, e haja uma variedade de medos. Será que os adultos não são os responsáveis por tantos medos assim?

Acho que falta incentivo dos pais em estimular a independência dos filhos e, consequentemente, o enfrentamento dos medos. Será que eles acham que os filhos não crescem?

Bjs

Nanda 

Aniversário de filha

31 out

Parece que foi ontem que eu estava novamente grávida, esperando a minha segunda filha. 

Parece que foi ontem que eu estava trocando fraldas e amamentando uma linda menininha, super tranquila.

Parece que foi ontem que ela estava aprendendo a andar, falar e a ganhar um pouco de autonomia.

Hoje, uma pequena mocinha de 9 anos, que já se acha uma adolescente, com sua cabeça super amadurecida, querendo entender os porquês do mundo. Já não se interessa por bonecas ou brinquedos, vive muito mais o mundo internético, dos jogos On Line e dos canais de youtubers.

É querida por todos e amiga sincera para todas as horas. Se relaciona com meninos e meninas de idades variadas e não se limita ao universo da sua turma na escola. É eclética nos gostos musicais e na dança porém, super requintada no seu paladar.

Essa é minha Dudinha! Feliz aniversário para você!

Te amo!

Bjs

Nanda

Feliz dia das crianças 

12 out

“Depende de nós

Quem já foi ou ainda é criança
 

Que acredita ou tem esperança

Quem faz tudo pra um mundo melhor. 
Depende de nós 

Que o circo esteja armado

Que o palhaço esteja engraçado

Que o riso esteja no ar

Sem que a gente precise sonhar. 
Que os ventos cantem nos galhos

Que as folhas bebam orvalhos

Que o sol descortine mais as manhãs. 
Depende de nós

Se esse mundo ainda tem jeito

Apesar do que o homem tem feito

Se a vida sobreviverá.(Ivan Lins)” 

Bjs

Nanda 

Vá estudar, menina!

10 out

Depois que crescemos e amadurecemos entendemos muitos dos conselhos recebidos quando éramos crianças ou adolescentes. Alguns até, muito chatos que nos irritavam bastante…

Aprendemos que a vida é construída por meio de muito esforço e trabalho, que nada cai do céu e que os espinhos fazem parte do nosso caminho pois, nem só de rosas é feito o mundo.

Hoje, nos cabe o papel de repetir os ensinamentos para os nossos filhos, transferindo um pouco do nosso conhecimento e os ajudando a construir o futuro. Somos os chatos do momento!

Não paro de repetir para minhas filhas que o estudo é a base de qualquer futuro. Que elas precisam se dedicar e trabalhar muito para realizar as suas conquistas e que tudo que é conquistado com esforço tem um sabor de vitória.

Por isso, não me canso de dizer: “Vá estudar, menina!”

Bjs

Nanda 

%d blogueiros gostam disto: